terça-feira, 10 de abril de 2007

Primeiro "Release"

É com imensa satisfação que anuncio o primeiro "release" da interface de cartões SD/MMC para MSX, cujas principais características são:
  • Concepção 100% livre (aberta) de "Hardware" de "software/firmware";
  • Aceita cartões SD e MMC;
  • Taxa de leitura/escrita 154/145 KBytes/segundo num MSX1 a 3,58MHz
  • Mapeado em I/O dentro da norma MSX, (Portas <3fh,>
  • Possui interface I2C;
  • Possui relógio de tempo Real I2C;
  • Utiliza apenas componentes comuns;
  • Montado em placa de circuito impresso de face simples, construída com métodos caseiros;
Este projeto, iniciado em agosto de 2006, foi desenvolvido sob várias premissas e requisitos. Para chegar à versão atual, o circuito passou por bom amadurecimento, e consumiu muitas horas de estudos, testes e simulações.

Investi
neste projeto boa parte do meu tempo livre (e algumas centenas de Reais) com um objetivo: Provar para os "Speccers" [1],[2],[3] e "Applemaníacos" que eu gosto tanto do meu MSX quanto eles gostam dos micros deles!

Por isso, seguindo uma filosofia semelhante, este também é um projeto livre, e estão disponíveis todas as informações necessárias para quem quiser construir o seu. É permitido até mesmo construir e vender para terceiros, contanto que se mantenham os créditos originais da autoria do projeto,
as mesmas licenças, e que se mantenham igualmente livres quaisquer modificações/implementações baseadas neste projeto, como incorporação de seus blocos lógicos dentro de CPLDs ou FPGAs.

Quero ainda agradecer ao amigo Igor, que desde o início vem acompanhando e ajudando com este projeto (e também com outros para o MSX) .


(vista geral do protótipo2)

5 comentários:

Anônimo disse...

Muito jóia! Ele lê o SD/MMC como sendo HD? Tem que ser MSX2 com mapper?

jannone disse...

Muito bacana! tanto no projeto quanto na filosofia hehehe

Good job! :)

Anônimo disse...

Acabei de ler sobre isto no www.msx.org. O problema que eu teria, no caso, seria pra corroer as placas. Será que não existe alguém que pudesse conseguí-las (sem as peças, só as placas)?

Silvio disse...

Tomei conhecimento do seu projeto hoje, está de parabéns pela iniciativa, espero que o pessoal de MSX dê valor ao seu empenho.
A propósito, seria interessante adicionar uma ROM de DOS2 e fazer essa interface funcionar como um HD, aí junto com o SymbOS, não tem pra ninguém!

Rogério disse...

Parabéns pelo projeto. Se funcionar como se fosse uma IDE/HD e se você produzir comercialmente pode ter certeza que já tem um cliente garantido.

Abraços,
Rogério